Um espaço de inspiração. De e para pessoas.
Joana Recharte (Barkyn): “Só podemos ver as vantagens de trazer os nossos cães para trabalhar connosco”

Joana Recharte (Barkyn): “Só podemos ver as vantagens de trazer os nossos cães para trabalhar connosco”

  • Maio 18, 2021

Joana Recharte é a People and Culture Manager da Barkyn, uma empresa que oferece planos personalizados para uma nutrição saudável e uma assistência veterinária 24h para cães. A Barkyn é a primeira empresa de Espanha a oferecer licença de parentalidade aos colaboradores que adotam um animal de estimação. Esta medida baseia-se na convicção de que um animal de estimação é outro membro da família e – dependendo da sua empresa – requer um certo período de adaptação na sua nova casa. Nesta entrevista falamos com a Joana, que explica a abordagem da empresa em relação à Gestão de Pessoas.

 

É a primeira empresa de Espanha a proporcionar licenças pagas aos colaboradores que adotam ou compram um animal de estimação. Sentem-se pioneiros neste aspeto? Acha que mais empresas vão seguir o vosso exemplo?

Temos orgulho em ser pioneiros e esperamos inspirar outros a seguirem-nos porque só podemos ver vantagens em trazer os nossos cães connosco para o trabalho. Na verdade, os nossos cães foram a nossa verdadeira inspiração para esta política. Queríamos quebrar o status quo de ter um animal de estimação e não ter tempo para cuidar dele. Em muitos aspetos, esta política foi uma extensão de quem nós, individualmente, somos e das coisas que queríamos para nós mesmos: uma grande vida juntamente com os nossos cães.

Permite aos seus funcionários virem para o escritório com o seu animal de estimação? Recomendaria que esta prática fosse estendida a outras empresas?

Sim e sim! Todos podem trazer o seu cão para o trabalho e nós encorajamos a nossa equipa a fazê-lo desde o primeiro dia. Os cães podem desempenhar um grande papel na integração de equipa e acolhimento de alguém. Temos definitivamente uma experiência positiva e recomendamo-la a qualquer empresa que reúna as condições certas para que isso aconteça.

O que é preciso para ativar este tipo de dinâmica numa empresa?

Esta foi uma decisão muito natural para nós como equipa, mas aprendemos ao longo do caminho que existem 5 regras de ouro para aproveitar ao máximo esta experiência:

  1. Todos precisam de estar confortáveis com a presença de um cão.
  2. Tem de haver acesso à água, brinquedos e espaço para o cão explorar em segurança.
  3. O cão precisa de ser treinado para obedecer a comandos simples.
  4. O dono do cão deve estar sempre disponível para intervir quando necessário.
  5. Vir trabalhar com o coração aberto à brincadeira e à ternura.

Que benefícios trazem os animais de estimação para o ambiente de trabalho de um escritório?

Acima de tudo, a ligação social. Os animais de estimação desencadeiam conversas, quebram o gelo e fazem-nos rir juntos. Têm o poder de juntar pessoas que de outra forma não se sentiriam confortáveis para viver momentos, como quando os membros da equipa vão lá fora para passear o cão durante a pausa da tarde.

Em que outras áreas é benéfica a introdução de animais de estimação?

Os animais de estimação podem ter um efeito benéfico na redução do stress relacionado com o trabalho, introduzindo momentos de diversão e mimos no meio do dia de trabalho. Quando nos envolvemos nestas atividades pró-sociais, os nossos corpos segregam hormonas como a ocitocina e a serotonina, conhecidas por terem um impacto nos níveis de stress e ansiedade. No final do dia, os animais de estimação agem como indutores de calma e acabamos por ter colaboradores que relatam mais felicidade, realização e uma maior perceção do equilíbrio entre trabalho e vida pessoal.

Quais são os seus desafios em termos de Responsabilidade Social das Empresas no que diz respeito às pessoas?

O lugar que o trabalho ocupa na vida de uma pessoa tem vindo a mudar drasticamente ao longo dos anos. As pessoas anseiam por um trabalho que lhes dê um sentido de propósito, uma missão e ferramentas para que possam evoluir como profissionais e seres humanos. Querem sair do escritório sabendo que aprenderam algo novo e que o seu trabalho teve impacto no mundo de uma maneira positiva. As pessoas também se querem sentir apoiadas nesta jornada e é aí que podemos realmente marcar a diferença, com iniciativas que promovam o equilíbrio entre trabalho e vida pessoal e a saúde mental. A nossa política de cães no escritório responde a estes desafios de uma forma criativa e leve.

Para fazer parte da sua equipa, é essencial ter um animal de estimação? Existem diferenças de atitude entre as pessoas que os têm ou não?

Na Barkyn, todos nós partilhamos um profundo amor pelo bem-estar animal e estamos todos muito alinhados com a nossa missão de levar saúde e felicidade às famílias de animais de estimação por todo o mundo. No entanto, devido a diferentes circunstâncias de vida, nem todas as pessoas têm as condições adequadas para cuidar de um animal de estimação e nós respeitamos isso. Portanto, não é um requisito ter um animal de estimação para pertencer à Barkyn – procuramos antes pessoas genuinamente amáveis e empáticas que possam compreender a experiência emocional de ter um cão na sua vida.

Uma pergunta que nunca lhe foi feita, mas que adoraria que lhe fosse feita, sobre pessoas.

Como podem as competências de (auto) compaixão ser a chave para o sucesso do negócio.

Sê tu mesm@

  • O que queria ser quando era pequeno? Escritora. As palavras ainda são o meu maior aliado para contar uma boa história.
  • Qual é o seu livro preferido? Em termos de RH, recomendo a Procura Dentro de Ti, de Chade-Meng Tan.
  • Qual é a sua maior paixão? A genealogia.
  • Para umas férias, prefere praia ou montanha? Adoro um bom passeio na floresta.
  • O que mais valoriza no seu dia-a-dia é… Os momentos em que percebo que tenho muito por que ser grata.
  • Uma frase que o defina. Torna-te quem és. Acredito que posso sempre desencadear o melhor de mim para me tornar melhor do que sou hoje. E, ao mesmo tempo, o meu melhor eu já faz parte de mim neste momento. Faz sentido? 🙂
  • De manhã, não é você mesmo até que… Ver o sorriso do meu bebé.
  • Se tivesse que pôr música, seria uma canção de… Nunca se pode errar com Jeff Buckley.
    .

Escreva um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Sobre nós

People first

People first é um espaço de inspiração onde partilhamos conteúdos com um eixo comum: as pessoas. De diferentes perspetivas e setores, abordamos diferentes temas, tendências e notícias de interesse humano.


People first

Newsletter

Inspire-se com a newsletter People first.

Quero subscrever a newsletter

Siga-nos

×